O que mais falta para o país reagir ao golpe?

21 anos
Cartaz do filme O dia que durou 21 anos

Texto por: Ulysses Ferraz, escritor e ator.

O último golpe durou 21 anos. E seus efeitos perversos repercutem até hoje: uma herança implacável que acentuou a concentração de renda e da riqueza, naturalizou a violência policial, reforçou privilégios dos poderosos e ampliou as desigualdades sociais. O novo golpe tem 45 dias de duração, mas parece uma eternidade. São 45 dias sem democracia. São 45 dias de Estado de exceção. São 45 dias de brutalidade. São 45 dias de ataques a direitos sociais conquistados com luta, sangue, suor e lágrimas. Tudo às claras. As informação circulam sem nenhum segredo. O golpe está nu. Assim como seus conspiradores. Todos sabemos que é golpe. Os golpistas sabem. O mundo inteiro sabe. Até Michel Temer admitiu publicamente a existência de um golpe. Não cabem mais eufemismos. Golpe é golpe. Seus impactos negativos são reais. Imediatos. E já repercutem em todos nós. Políticas públicas de inclusão social e redistribuição de renda já estão sendo destruídas. O capital financeiro e as grandes corporações tomaram de assalto nossas instituições. Toda uma rede de proteção social, amparada e exigida pela Constituição Federal, cuja construção havia apenas começado a dar seus primeiros passos significativos, corre sério risco de ser mais uma vez interrompida. Se o golpe continuar impunemente, incontáveis gerações serão duramente impactadas por ele. De maneira irreversível. Os 21 anos do último golpe foram perdidos para sempre. Aos democratas de hoje, há uma única questão relevante no Brasil: o que mais falta para o país acordar, e reagir contra esse trágico golpe, antes que seja tarde demais? O Brasil já foi desperdiçado demais ao longo de sua história. Não temos mais o direito de perder sequer um dia a mais. Mas temos o dever inadiável de lutar todos os dias.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s