Boletim Conexões em Luta 01.08.2016

cunha

Olympias Brasil

A palavra olimpíadas, tem origem semântica no latim e vem do termo olympias, sua definição de modo geral, expressa a competição em que se tenta demonstrar um determinado conhecimento numa área específica. Nesse ensejo, a política brasileira, coleciona especialistas nas modalidades mais desprezíveis em termos de compromisso com o povo brasileiro. O destaque da semana foi para Eduardo Cunha, colecionador de envolvimentos em corrupção: na Lava Jato, é réu em duas ações penais, acusado de receber propina de negócios da Petrobras. Ele também é investigado em outros três inquéritos por suposto uso do cargo para beneficiar aliados em troca de vantagens indevidas, o nobre jogador congressista, também foi denunciado por participação em um esquema de corrupção na Caixa.
Na última quarta-feira, (14), celebrou sua saída da presidência da câmara com um churrasco. Avalie você qual medalha esse atleta político merece.

Ainda para refletir as modalidades que a política brasileira apresenta, uma onda de assassinatos vem acontecendo com lideranças políticas na baixada fluminense (RJ), dez pré-candidatos a vereadores foram executados, o clima de tensão se figura na frase: “matar quem atrapalha”. Esse cenário é um alerta para aonde caminha a política brasileira, fora da legalidade.

E na Vila Olímpica, as delegações de vários países reclamaram das instalações e infra-estrutura, segue o Top 7 das queixas:
1 – “É natural que tenha algum ajuste a ser feito, mas vamos fazer os australianos se sentirem em casa aqui. Estou quase botando um canguru para pular na frente deles.” Eduardo Paes, prefeito da cidade do Rio.
2 – Imprensa alemã cita “lista de problemas dramática” na Vila.
3 – No mural da vila, atleta queniano desabafa: “Por favor, consertem meu banheiro”.
4Delegação da Austrália se nega a ficar hospedada na Vila Olímpica do Rio; delegação se queixa de problemas de eletricidade, água, gás e “muita sujeira” nas instalações. Inacabada, Vila tem abertura marcada por abandono de delegação e furto.
5Imprensa dos Estados Unidos adota tom crítico em relação aos Jogos Olímpicos.
6 – Comitê argentino faz criticas à Vila Olímpica: inabitável.
7 – Chefe de delegação argentina suspeita de sabotagem em obras da Vila Olímpica.

Se os governos do Pezão e Eduardo Paes tratam assim atletas olímpicos, imagine como é tratada a população menos favorecida das áreas carentes!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s